Destaque

CONFIRMADO. Lago Pedra do Cavalo terá, pela primeira vez, etapa do Baiano e realização do Brasileiro de Canoagem; inclusão do manancial é resultado de articulação do mandato do deputado Angelo Almeida 

default
O Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2022 começa neste domingo (24) e a etapa no Lago Pedra do Cavalo, em Santo Estêvão, incluído pela primeira vez, já tem data definida: será no dia 29 de maio. Cerca de 120 atletas, além das equipes técnicas, estarão presentes no município. Outra boa notícia é que o Campeonato Brasileiro também já foi confirmado para acontecer no lago e será em agosto.
A inclusão do manancial no evento esportivo é resultado de articulação feita pelo mandato do deputado estadual Angelo Almeida (PSB), junto ao Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), à Federação Baiana de Canoagem (Febac) e à Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa).
De acordo com o parlamentar, o propósito é valorizar o lago, ampliando as atividades desenvolvidas nele e gerando mais emprego e renda para as comunidades ribeirinhas e as populações dos municípios circunvizinhos. “Nós temos este lago que é um verdadeiro patrimônio natural e que precisa ser cuidado. É possível fomentar a economia de forma sustentável, promovendo o esporte, turismo e lazer. A realização do campeonato é a concretização de muita luta. Apesar de ser o maior celeiro de atletas da modalidade no Brasil, a Bahia será palco pela primeira vez do Campeonato Brasileiro de Canoagem. Estou muito feliz”, comemora.
A presidente da Febac, Camila Lima, afirma que, para realizar a etapa baiana no lago, a Federação conta com apoio da Sudesb, prefeitura de Santo Estêvão e do deputado Angelo Almeida, que também disponibilizou verba de emenda parlamentar. “É de suma importância para expandir e fomentar a canoagem em outras regiões da Bahia, apresentando o potencial hídrico do Lago Pedra do Cavalo”, reforçou.
Já o presidente da Confederação Brasileira, Rafael Girotto, ressalta que a realização do evento nacional na Bahia é uma forma de agradecer por tudo que o Estado tem feito pela canoagem brasileira. “A Bahia hoje é o principal estado a mandar atletas para a canoagem, é de onde saíram as nossas medalhas olímpicas e não poderia ser diferente. A Bahia merecia esse evento. Será o primeiro campeonato brasileiro da modalidade no estado, que está acostumado a mandar seus atletas para fora e agora vai receber os atletas de todo o país em casa”, frisou.
Girotto diz que a expectativa em torno da vinda para a Bahia tem sido muito grande em todas as equipes, que querem conhecer “a casa e o celeiro dos campeões”. “Vai ser uma grande festa e vai ficar marcado na história da canoagem brasileira”, prospecta, ao tempo em que informa que o evento trará para Santo Estêvão mais de 400 atletas e que este é o principal campeonato do ano na modalidade.
Aprovação do Lago para o evento 
Segundo Girotto, as condições do Lago Pedra do Cavalo, que é muito grande e tem pouca ação de vento (o que é bem difícil de encontrar), foram determinantes para a aprovação do campeonato nacional em Santo Estêvão. Outros fatores fundamentais foram o apoio do Governo da Bahia, que vai proporcionar a estrutura, e o fácil acesso ao município.

Qual sua reação?

Massa!
0
Bacana
0
Curti
0
Ouch!
0
Credo!
0

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:Destaque