Centrais de Negócios almejam regime tributário diferenciado


Na manhã desta quarta-feira (16), o deputado estadual Angelo Almeida (PSB), participou de uma reunião na Secretaria de Desenvolvimento Econômico que discutiu o fortalecimento das Centrais de Negócios na Bahia. Durante a agenda que aconteceu no gabinete da secretária da pasta, Luiza Maia, participaram representantes da FERNEM, a Federação de Redes Multissetoriais.

As Centrais de Negócios têm fomentado em todo país a união de micro, pequenas e médias empresas para juntas criarem uma frente competitiva à grandes redes. A criação da federação no segundo semestre do ano passado pelos empresários baianos é inédita no país.

Entre as principais pautas apresentadas pelo segmento está a adoção de um regime tributário especial de ICMS. “O processo de compras conjuntas é estratégico para as redes, pois facilita a compra em condições diferenciadas para os fabricantes nos colocando de forma mais competitiva no mercado. É necessário que essas operações de transferência de produtos entre os sócios, por exemplo, seja considerada como deslocamento para fins tributários”, explicou o presidente da FERNEM, Josué Teles.

“Ouvir a experiência desses empresários locais que se uniram em uma iniciativa pioneira do empreendedorismo coletivo para se fortalecer diante das grandes redes nos instiga ainda mais na luta pelo fortalecimento da nossa economia, através das pequenas e médias empresas que estão entre as maiores geradoras de emprego e renda do nosso estado”, afirmou o deputado.

O presidente da FERNEM ressaltou ainda que fortalecer as pequenas e médias empresas é uma forma de fortalecer também a economia regional. “Já está comprovado por pesquisas que as empresas menores geram em média quatro empregos a mais que as grandes empresas, o que significa mais distribuição de renda para o nosso estado”, informou.

+ Não há comentários

Escreva o seu