Especialista destaca importância de diagnóstico precoce do Autismo


Com o tema “O que não nos desafia, não nos transforma”, acontece nesta segunda-feira (02), o I Encontro Estadual da Família Azul de Feira de Santana. O deputado estadual Angelo Almeida participou da abertura do evento em celebração do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, no Teatro Maestro Miro.

A coordenadora da Família Azul, Cintia Sousa, elencou as ações do coletivo durante os três anos de atividade. “Ter um autista na minha vida é ser desafiada todos os dias e isso nos impulsionou a fundar a Família Azul e lutar pelas nossas conquistas”, afirmou Sintia que é mãe de uma criança autista.

O deputado Angelo Almeida que também é presidente da Frente Parlamentar da Pessoa com Deficiência destacou que só na Bahia existem cerca de 220 mil pessoas com autismo. “É preciso colocar luz sobre as questões da Pessoa com Deficiência e ações como essa, assim como diversas outras que a Família Azul protagoniza, contribuem para isso”, afirmou.

Durante a palestra que contou com a presença de pais e profissionais, o médico pediatra e pesquisador em Transtorno do Espectro Autista, Clay Brites, ressaltou a importância do diagnóstico precoce. De acordo com ele, os sinais de Autismo podem aparecer ainda nos primeiros meses de vida do bebê e o ideal é que o diagnóstico seja feito até os três anos de idade. “Não há ainda nenhum método melhor do que a identificação precoce e para isso é importante a observação do comportamento. Então, Autismo não tem cara, tem comportamento disfuncional”, alertou.

Também estiveram presentes os secretários municipais de Ação Social, Hildes Ferreira, e Saúde, Denise Mascarenhas; além dos vereadores Roberto Tourinho e Cadmiel Pereira.

+ Não há comentários

Escreva o seu