Ex-reitora da UFBA recebe Comenda Dois de Julho nesta quinta-feira


Primeira mulher reitora da Universidade Federal da Bahia (UFBA), pós-doutora pela London University, Galton Laboratory (Inglaterra) e doutora pela University of Hawaii (USA), a professora aposentada e Emérita da Faculdade de Medicina da UFBA, Eliane Elisa de Souza Azevêdo, recebe a Comenda Dois de Julho, em Sessão Especial que será realizada nesta quinta-feira (22), às 10h, no Plenário do Palácio Deputado Luís Eduardo Magalhães. A Comenda, proposta pelo deputado estadual Angelo Almeida (PSB), é a mais importante honraria concedida pela Assembleia Legislativa da Bahia e é entregue a pessoas que tem papel de destaque no cenário político e administrativo em âmbito estadual e nacional.

Natural de Tanquinho, Eliane Elisa reúne cerca de 200 trabalhos científicos publicados no Brasil e exterior, além de 20 livros. Em Feira de Santana foi uma das fundadoras da Academia de Medicina, atuou como professora na Universidade Estadual do município (UEFS), onde criou os cursos de Bioética e o Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos.

A doutora Eliane Elisa é um orgulho para todo povo baiano. Considero essa uma homenagem à Tanquinho, à Feira de Santana e toda comunidade acadêmica da UFBA e UEFS”, destaca o deputado Angelo Almeida.

Não é a primeira vez que a trajetória da professora é referenciada na Assembleia Legislativa da Bahia. Eliane Azevêdo recebeu o título de “Mulher do Século”, concedido pela Casa. Ela também foi homenageada com o Título de Cidadã da Cidade de Salvador pela Câmara Municipal.

A Sessão Especial para entrega da Comenda Dois de Julho terá a presença do Arcebispo Primaz da Arquidiocese de São Salvador, Dom Murilo Krieger; do presidente de Honra da Academia de Ciências da Bahia, professor Roberto Santos; do Reitor da UFBA, João Salles; do presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade; do presidente da Academia de Medicina da Bahia, Antonio Carlos Vieira Lopes e do presidente da Academia de Medicina de Feira de Santana, André Almeida.

Foto: Google

+ Não há comentários

Escreva o seu