Angelo participa de sessão solene em homenagem à Feira


“Devemos relembrar todos aqueles que deram seu suor e seus esforços e contribuição para que Feira se tornasse cada vez maior. Uma cidade sem memória é uma cidade sem história, sem raízes”. A afirmação do professor e fotógrafo José Ângelo Leite Pinto marcou a sessão solene em comemoração ao aniversário de emancipação política da cidade na Câmara Municipal de Feira de Santana que aconteceu na tarde desta quinta-feira (18).
O deputado estadual Angelo Almeida (PSB) que esteve presente na sessão falou sobre a sua paixão pela cidade. “Assumidamente sou um entusiasta, um apaixonado por Feira de Santana. A relação que tenho com minha cidade é não só de respeito, mas de compromisso. Sinto que não poderia ter nascido em outro lugar, Feira é a minha casa”, ressaltou Angelo.
Na palestra sobre “A preservação da memória como identidade individual e coletiva” o professor chamou atenção para a preservação da memória do município. “Destaco que a memória é que dá sentido e significado à memória anterior. A modernidade transformou o homem em um ser insensível e sem memória. Na era da informação, o receptor da comunicação de massa é um ser sem memória. O ser humano pode buscar na memoria subsídios para conhecer sua história. Que essa memória sirva para libertação e não servidão”.
A solenidade contou com a apresentação do Hino à Feira tocado pelos alunos na Escola Municipal Jhonatas Teles de Carvalho. Além do ex-vereador e deputado estadual Angelo Almeida, diversos políticos e autoridades participaram do evento como o arcebispo metropolitano de Feira de Santana, Dom Zanoni Demetino Costa; deputado estadual José de Arimatéia; prefeito José Ronaldo de Carvalho, secretários municipais e vereadores.

+ Não há comentários

Escreva o seu